É SEMPRE SOBRE AMOR

Vanessa Baptista

A gente tem uma vida, amigos, família, trabalho, saúde, comida, um teto, alguns sorrisos, poucos abraços que ajudam a juntar os pedaços...Há gratidão, óbvio que há gratidão, mas tudo isso não supre a falta da inteireza de um coração.

Talvez estejamos errados em amar o amor, talvez o amor que amamos amar seja a única forma de viver o que há para ser vivido por completo, mesmo que com o fim alheio da relação que é nossa também, o sofrimento seja a prova da entrega de ter vivido o presente e onde não havia a sensação de nunca estar no lugar errado.

Estar com amor, seja no domingo ou na quinta, era sempre o lugar certo e não há nada melhor do que estar presente.

Os processos de superação são quase torturas delicadas, que não arrancam sangue, apenas angústia, angústia incessante da espera do fim da angústia, ou do amor? Agora já não sei...

Tenta-se se viver, mas nesse processo, nós não estamos presentes, vivemos entre lembranças e o desejo de esquecer.

Siga a Cinco Gatas nas redes sociais

  • Facebook - Círculo Branco
  • Instagram - White Circle

© 2020 by Amiga Designer. Proudly created with Wix.com.